São Camilo realiza Simpósio de Radiologia com profissionais da área

Nos dias 15 e 16 de outubro, alunos do curso de Tecnologia em Radiologia do Centro Universitário São Camilo – SP prestigiaram, no Campus Ipiranga I, a apresentação de palestrantes da área no Simpósio de Tecnologia em Radiologia. O evento foi uma oportunidade de troca entre profissionais e estudantes, no que diz respeito aos novos campos de atuação da imagenologia, avanços na área de saúde, mercado de trabalho e cuidados com equipamentos radiológicos.

O coordenador do curso, Prof. Dr. Lucio Leonardo, abriu o simpósio destacando a importância do profissional atualizado sobre as novas tecnologias e tendências do mercado. “Devido ao aumento do diagnóstico médico com novos equipamentos, o mercado está ampliando e os profissionais têm que continuar se especializando para acompanhar essa tendência. É um mercado bastante promissor em que a ciência se desenvolve rapidamente”, alerta o coordenador.

Inovação foi assunto de destaque no evento, os estudantes puderam entender o funcionamento do moderno PET/CT, que é um aparelho destinado ao diagnóstico por imagem capaz de unir os recursos da Medicina Nuclear (PET) e radiologia (CT – Tomografia Computadorizada). A parte do PET está relacionada à função biológica do corpo antes que mudanças metabólicas ocorram. Já a CT é capaz de fornecer informações como tamanho, formato e localização de irregularidades na anatomia do corpo humano. A combinação das duas tecnologias auxilia no diagnóstico rápido e preciso ao paciente.

A palestrante Patrícia Marin, especialista em imagem molecular da GE Healthcare, abordou o uso de equipamentos de alta tecnologia e as inovações lançadas para o diagnóstico por imagem. Segundo Patrícia, os profissionais de radiologia precisam se alinhar aos novos recursos dos equipamentos, pois isso direcionará o desenvolvimento de especialistas e, consequentemente, as oportunidades de crescimento no mercado de trabalho. “É importante que os profissionais que já estão na área tragam informações aos estudantes, para que eles tenham uma noção de como está o mercado de trabalho. É também uma maneira de mostrar as opções de atuação e compartilhar nossa experiência com os alunos”, ressalta a especialista.

Em memória aos 25 anos do maior acidente radiológico do mundo, a radioproteção, que é a prevenção de acidentes com esses elementos, foi um tema bastante discutido no Simpósio. Para falar sobre o assunto, o palestrante Dr. José Claudio Dellamano, gerente adjunto do Ipen / CNEN – Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares e Comissão Nacional de Energia Nuclear, explicou a atuação de sua equipe na ocasião do acidente radiológico com o césio-137 de Goiânia, ocorrido em setembro de 1987.

O acidente foi provocado pelo descarte indevido de um aparelho de radioterapia e sua violação por parte de catadores de materiais recicláveis, para a retirada e venda do chumbo e metal. Porém, dentro do equipamento havia uma cápsula contendo césio-137, metal altamente radioativo, que iniciou a contaminação dos moradores da região. Segundo Dellamano, após o acidente, o controle com fontes radiológicas ficou mais rígido. “A CNEN hoje dispõe de um cadastro dos proprietários dessas fontes, mesmo que sua utilização seja destinada aos treinamentos em escolas de radiologia. O controle serve tanto para aquisição quanto para deslocamento do material”, garante o gerente adjunto do Ipen / CNEN.

Dellamano ainda alerta que o bom profissional depende de treinamento e conhecimento, pois é a falta de cuidados que causa acidentes. Por isso, o preparo profissional é essencial na área de radiologia, e para os alunos camilianos esta é a base dos cursos da Instituição. Segundo o coordenador, Prof. Dr. Lucio, a São Camilo fornece conhecimento e preparação adequados às novas demandas e possibilidades que o mercado exige. A realização do Simpósio é uma forma de garantir a troca de experiências e disseminação de conhecimento. “É um evento bastante significativo, por isso, no próximo ano, pretendemos realizá-lo em conjunto com a Pós-Graduação”, conclui o coordenador.