São Camilo é homenageado por seu nonagésimo ano de atuação em São Paulo

A partir de ato solene, autoridades do município paulistano agradecem aos anos de dedicação e qualidade do trabalho filantrópico camiliano

No próximo dia 16, a Câmara Municipal de São Paulo prestará homenagem aos 90 anos dos Camilianos no Brasil. A Sessão Solene, que acontecerá às 19h no Palácio Anchieta, destaca a chegada dos pioneiros da comunidade camiliana (liderada pelos padres Inocente Radrizzani e Eugênio Dalla Giacoma) ao País e a partir disso, a forte atuação desenvolvida ao longos destes anos pela Rede São Camilo no âmbito social, educacional e, principalmente, focado em saúde.

O Provincial e Presidente das Entidades Camilianas Brasileiras, Prof. Dr. Pe. Léo Pessini manifesta seu preito de gratidão a todos os leigos e religiosos camilianos que deram sua vida no passado e aos que a dedicam no presente. “Estamos frente a uma história construída com amor, espiritualidade, determinação, liderança, competência, sensibilidade humana e visão de futuro”, declara Pessini.

Iniciativa do Vereador Paulo Frange, a solenidade homenageia os anos de trabalho da entidade dedicados à sociedade brasileira, no qual o diferencial é a humanização. Na tradição de São Camilo de Lellis, humanizar significa colocar o coração em todas as ações praticadas. E tal premissa é aplicada em suas 11 entidades filantrópico-comunitárias que juntas administram 53 hospitais próprios e públicos, presentes nas regiões sul-sudeste, norte-nordeste e centro- sudeste, que prestam serviços especializados em educação e saúde e realizam programas de ações sociais e humanização.

As entidades camilianas mantêm, hoje, no Brasil, 4.214 leitos, 18.011 colaboradores, 12.547 médicos; realizam 135.264 cirurgias e 47.736 partos por ano. As entidades não visam ao lucro, e o resultado atingido é sempre revertido para a melhoria da qualidade dos serviços, com investimentos em infraestrutura, aperfeiçoamento profissional e melhoria da qualidade de atendimento.

A área hospitalar além dos serviços de saúde, realiza programas de Ações Sociais, Humanização e Meio Ambiente. Outra atividade que permeia todos os hospitais camilianos são as ações de espiritualidade realizadas pela Pastoral da Saúde com o intuito de promover, recuperar, defender e cultivar os valores da vida.

Na esfera educacional, a Rede São Camilo oferece mais de 2.500 bolsas de estudos e promove atividades em oito Estados da Federação, ministrando cursos desde a educação básica até a pós-graduação, lato e stricto sensu, com Pós-Doutorado, Doutorado e Mestrado em Bioética; Mestrado em Enfermagem e Mestrado em Nutrição.

No âmbito social, em parceria com o Estado, também são realizadas inúmeras ações, em prol das pessoas em vulnerabilidade social, em 36 equipamentos sociais. A Rede também promove atividades de humanização e assistenciais, nos Recantos São Camilo, localizados em Jaçanã e Cotia, ambos em São Paulo.

Para a elaboração do texto base da Campanha da Fraternidade 2012, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB contou com a contribuição dos religiosos e leigos camilianos, que ressaltam o valor da vida, a humanização em saúde, os cuidados paliativos, a dignidade humana, a bioética e a cidadania, segundo o carisma de São Camilo de Lellis.

Por conta desse extenso e qualificado trabalho consolidado junto aos brasileiros, receber a homenagem por seus 90 anos de dedicação ao desenvolvimento social é motivo de orgulho e comemoração para toda a comunidade da Rede São Camilo.

Sobre a Rede São Camilo: mantida pela Província Camiliana Brasileira, fundada em 1922, pelos padres Inocente Radrizzani e Eugênio Dalla Giacoma, é referência na gestão de hospitais e na educação superior em saúde no país. No Brasil, os camilianos atuam nas dimensões: Assistência à Saúde (hospitais); Educação à Saúde (centros universitários); Assistência Social (equipamentos sociais); Religiosa (pastoral da saúde, capelanias, paróquias e seminários), e Missionária. A Província Camiliana Brasileira, com o Governo Geral da Ordem do Ministro dos Enfermos, está sediada em Roma e presente em 35 países nos cinco continentes. A Ordem foi criada em 1614, pelo precursor São Camilo de Lellis.

Serviço:
Sessão Solene da Câmara Municipal de São Paulo – Homenagem aos 90 anos dos Camilianos no Brasil
Data: 16 de agosto de 2012
Horário: 19 horas
Local: Salão Nobre do Palácio Anchieta – Viaduto Jacareí, 100 – 8º andar – Bela Vista – São Paulo / SP